sábado, 30 de junho de 2012

Uma leitura da Era Vargas através das imagens


Confira uma interessante leitura da Era Vargas através das imagens





Saiba mais sobre a leitura da Era Vargas através das imagens.

 
Lista de questões sobre a Era Vargas através da interpretação de imagens

 
1. (UFPEL) E a tal façanha de amarrar os cavalos no obelisco?

 

A charge refere-se ao simbólico episódio, ocorrido com as tropas de Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, no movimento denominado

a) Revolução de 1923.
b) Revolução Constitucionalista.
c) Estado Novo.
d) "Queremismo".
e) Revolução de 1930.


resposta:[E]

2. (PITÁGORAS) Veja

A imagem satiriza um acontecimento histórico no qual:
a) O presidente Washington Luiz foi deposto do governo e o poder foi entregue a Getúlio Vargas.
b) Getúlio Vargas assumiu a presidência do Brasil após uma longa batalha com as oligarquias rurais.
c) Getúlio Vargas, com o apoio das oligarquias de Minas e São Paulo, chegou à presidência.
e) Washington Luiz foi derrotado nas eleições presidenciais pelo candidato gaúcho Getúlio Vargas.

resposta:[A]

3. (Fuvest 2004)
 
 
Reprodução de Cartaz da Revolução de 1932

Observando o cartaz:

a) Identifique os três personagens.
b) Explique a frase “Abaixo a ditadura”.

Resolução: O cartaz é um exemplo da intensa propaganda política na Revolução de 1932. Seu objetivo era incitar a população ao engajamento na luta liderada pela Frente Única Paulista contra o governo Vargas.

Nele comparecem três personagens: com maior destaque, o bandeirante, a figurativizar o “orgulho” e a “bravura” paulistas; o pequeno Getúlio, praticamente esmagado pelo “desbravador”; e, no canto esquerdo, empunhando a bandeira paulista, símbolo da autonomia do estado de São Paulo, o soldado revolucionário, o herói da época.
A frase traduz o pensamento da liderança do movimento de 1932, já que, para as elites paulistas, o governo Vargas era ilegítimo, pois não era sustentado por uma Constituição, e também opressor, uma vez que retirara a autonomia política de São Paulo.
Em 1937, alegando que o “perigo vermelho” rondava o país, o presidente deu um “golpe em si mesmo” e instaurou o Estado Novo, ditadura comanda autoritariamente por Vargas. A política estadonovista e seus desdobramentos são um dos assuntos mais exigidos nos vestibulares. Portanto, vamos dar uma atenção especial a ele e ver uma série de questões que falam deste período da Era Vargas.

4. (PITÁGORAS) Veja:
 
Meus senhores! Agora...    o chefe do governo provisório...   
vai transmitir o  governo.. após as formalidades legais  ... 
ao presidente constitucional da República!

O episódio ilustrado acima representou:

a) A vitória nas eleições do candidato gaúcho Getúlio Vargas para a presidência em 1934.
b) A transição de um governo provisório para um governo sólido baseado nos ideais democráticos.
c) A validade do resultado das eleições presidenciais de 1932, através da Revolução Constitucionalista.
d) A reeleição indireta de Getúlio Vargas para um novo mandato de quatro anos como presidente.

resposta:[D]



5. (G1) Observe a imagem a seguir e leia o texto que a acompanha:

 
 
Cartaz da Revolução Constitucionalista, 1932. São Paulo (SP). (CPDOC/ CDA Roberto Costa)
http://www.cpdoc.fgv.br/nav_historia/htm/anos37-45/ev_poladm_estadonovo.htm

Um dos mais importantes acontecimentos da história política brasileira ocorrido no Governo Provisório de Getúlio Vargas foi a Revolução Constitucionalista de 1932, desencadeada em São Paulo. Foram três meses de combate, que colocaram frente a frente, nos campos de batalha, forças rebeldes e forças legalistas.

Esse movimento:

I -  representou, sem dúvida, uma vitória política das oligarquias paulistas.
II - significou a derrota militar das oligarquias republicanas até então dominantes.
III - fortaleceu o “Estado de compromisso”  criado com Getúlio Vargas.
IV - alertou o governo sobre o momento de pôr um fim ao caráter revolucionário do regime.

As opções corretas são

a) I, II e IV
b) I e IV.
c) II e IV.
d) I, II, III e IV.

resposta:[A] 

6. (PITÁGORAS) Observe a imagem a seguir e leia o panfleto distribuído em Iguape, no dia 27 de setembro de 1932.

Anéis, alianças e colares para comprar armas.

Cartaz da Campanha “Ouro para o bem de São Paulo” 

 
Nosso Século, vol. 5, Abril Cultural, 1980



Comunica-se ao público desta cidade e município que em data 25 do corrente foi organizada aqui a Comissão da Campanha  do Ouro [...]. Esta comissão, doravante, será a única competente para receber quaisquer donativos, como sejam: jóias, fragmentos de ouro, platina, prata, cobre, chumbo, latão, ferro fundido, moedas e outros metais[...].
Paulistas! Lembrai-vos que vossa oferta abreviará a vitória de São Paulo, a vitória da lei, da liberdade e do direito.
             (Ana Maria A. Camargo, ORG., São Paulo, documento 45.)
    

De acordo com o panfleto, IDENTIFIQUE o movimento que está sendo organizado em São Paulo em 1932.  


resposta: A Revolução Constitucionalista de São Paulo de 1932.
7. (G1) Observe os cartazes a seguir.

 
 a) IDENTIFIQUE e CARACTERIZE o fato histórico tratado na imagem acima.


b)  CITE duas (2) conseqüências da Revolução Constitucionalista

resposta:
 
a) O fato histórico retratado na imagem é a Revolução Constitucionalista de 1932. A Revolução Constitucionalista foi a declaração de guerra de São Paulo a Getúlio Vargas. As velhas oligarquias de São Paulo ligadas ao PRP queriam recuperar o antigo poder perdido com a Revolução de 1930. Aproveitando-se de uma manifestação feita por estudante contra o interventor varguista a oligarquia paulista inicia a revolução alegando estar forçando o governo a convocar a Assembléia Nacional Constituinte para a elaboração de uma nova constituição para o país, uma vez que a de 1891 havia sido suspensa por Vargas.
A Revolução termina com a rendição das tropas paulistas às tropas do governo.

b) O governo Vargas vitorioso fez algumas concessões para os cafeicultores paulistas. Concedeu generosos empréstimos bancários, admitiu a eleição de uma Assembléia Constituinte, responsável pela edição da Constituição de 1934.

8. (Puccamp) Observe a caricatura.
 
(Joel Rufino dos Santos. "História do Brasil". São Paulo: Marco Editorial, 1979. p. 196.) A caricatura revela um momento da chamada "era de Vargas", quando Getúlio preparava-se para
a) assumir a presidência da República, após a sua eleição indireta pela Assembléia Constituinte.
b) liderar um golpe militar, instaurando um período histórico conhecido por Estado Novo.
c) disputar as eleições diretas para a presidência da República, no contexto da redemocratização do país.
d) executar os princípios do Plano Cohen, visando impedir o avanço dos comunistas e dos integralistas ao poder.
e) comandar uma revolução constitucionalista, contra a oligarquia do setor agroexportador.

resposta:[A]

9. (G1) Observe o cartaz abaixo.
 
 
Propaganda do Integralismo. Capa da Revista Anauê. Orgão do AIB

A AIB - criada pelo escritor Plínio Salgado – defendia, EXCETO:

a) Um Estado anticomunista.
b) Um Estado militarizado.
c) Um Estado comunista.
d) Um Estado nacionalista.


resposta:[C]

 10. (PITÁGORAS) Observe a manchete de jornal abaixo.
 
 
Jornal de ANL. Fac-símile do Jornal A Manhã, de 27/11/35

Em 1935, durante a Era Vargas, surgiu a ANL.
EXPLIQUE qual era o seu programa e IDENTIFIQUE os seus membros.

resposta:

A Aliança Nacional Libertadora era formada por membros do PCB, líderes sindicais, estudantes, intelectuais e uma ala radical do Tenentismo. Seu programa incluía a reforma agrária, o cancelamento da dívida externa e a instalação de um governo popular.
 
11. (PITÁGORAS) Observe a imagem:


Plínio Salgado, importador do “facismo caboclo”, segundo Álvarus.


 



            Nosso Século, vol. 5, pag. 159)

Plínio Salgado, escritor e fundador da AIB, recebeu o apoio da classe empresarial, de alguns oficiais das Forças Armadas, setores conservadores da Igreja Católica e outros segmentos da sociedade.

EXPLIQUE por que esses setores da sociedade deram apoio a Plínio Salgado.

resposta:
Todos eles temiam a expansão do movimento comunista. Seu lema “Deus, Pátria e Família” era bastante popular e servia para ocultar a face autoritária da Organização.


12. (G1) Observe a charge abaixo.
 
NOVAES, Carlos Eduardo & LOBO César. História de Brasil para principiantes. Ática. 2003, p. 228.

IDENTIFIQUE a que documento a charge se refere. DESCREVA o conteúdo desse documento.

resposta:
 
Plano Cohen. Esse falso documento denunciava uma subversão  comunista  que ameaçava o país.

13. (PITÁGORAS) Observe atentamente a foto a seguir.

 
1937: Queima de Bandeiras Estaduais no Brasil
 
 
http://www.expo500anos.com.br/painel_16.html


EXPLIQUE o significado do que está sendo apresentado na imagem anterior.

resposta:

Em dezembro de 1937, Vargas mandou incinerar, em praça pública, todas as bandeiras estaduais. Esse estranho “ato cívico” - presenciado por autoridades civis e militares - simbolizava a nova ordem estabelecida. O Pavilhão Nacional - única bandeira admitida - representava a vitória do Poder Central. Era a emergência do Estado Novo.

14. (G1) 
 
Cartões postais editados pelo DIP, 1937/1945. Rio de Janeiro (RJ). (CPDOC/ GV foto 091/7)


Sobre as imagens acima é correto afirmar:

a)  exaltam  a força do povo brasileiro, único responsável pelo crescimento econômico.
b)  têm como foco central o desenvolvimento da nação do ponto de vista político.
c)  foram produzidas por um órgão de natureza privada.
d) procuram exaltar Vargas como o responsável pelo desenvolvimento e  ordem do Brasil.
e)  apresentam-se desvinculados de qualquer apelo político.

resposta:[D]
                                                                            

 
15. (UFRN) O rádio, introduzido no Brasil no início deste século, tornou-se, nos anos 30, popular meio de comunicação, o que justifica o fato de o período ser designado como "Era do Rádio". A partir do que a charge abaixo sugere, explique de que forma esse importante veículo de comunicação de massa foi utilizado pelo governo Vargas.


 resposta:

O rádio foi o principal veiculo de difusão das mensagens de Getúlio Vargas ao povo brasileiro, durante o Estado Novo, o programa "Hora do Brasil" foi criado exatamente para enaltecer os feitos do presidente, levar sua palavra aos trabalhadores e divulgar os ideais de ordem daquela conjuntura histórica. 
16. (UFSM) A caricatura é uma representação do contexto de instalação do Estado Novo através do golpe liderado por Getúlio Vargas, que interrompe o processo de sucessão presidencial para as eleições de janeiro de 1938. 
 

Sobre as características do Estado Novo, é possível fazer as seguintes afirmações:
I. O Estado desempenhou um papel significativo na economia, promovendo a política de substituição das importações e estabelecendo indústrias de base, como a do aço.
II. Os sindicatos possuíam autonomia em relação ao Estado, surgindo, a partir dessa organização corporativa, a ideologia trabalhista.
III. A força policial de Vargas empreendeu uma forte repressão aos adversários políticos, com prisões, torturas e exílio forçado de políticos e intelectuais como Graciliano Ramos, Luis Carlos Prestes e Olga Benário.
IV. O Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) era o responsável pela construção da imagem de Getúlio Vargas como protetor dos trabalhadores, promovendo a propaganda oficial em atos públicos e em meios de comunicação de massa, como o rádio.

Está(ão) correta(s)
a) apenas I e II.
b) apenas III.
c) apenas II e IV.
d) apenas I, III e IV.
e) I, II, III e IV.

resposta:[D]

 
17. (FGV 2007) "A organização do trabalho, no sentido que se deve dar, num momento conturbado e de profundas transformações como o atual, não pode realizar-se, com proveito para as classes patronais e benefícios para os operários, senão mediante inteligente, ponderada e sistemática coordenação para conciliar e garantir os seus mútuos interesses. (...) No Brasil, onde as classes trabalhadoras não possuem a poderosa estrutura associativa nem a combatividade do proletariado dos países industriais e onde a desinteligência entre o capital e o trabalho não apresentam, felizmente, aspecto de beligerância, a falta, até bem pouco, de organizações e métodos sindicalistas determinou a falsa impressão de serem os sindicatos órgãos de luta, quando realmente o são de defesa e colaboração dos fatores capital e trabalho com o poder público."
(Getúlio Vargas. "Mensagem presidencial", 15 de novembro de 1933.)
 
A partir dos documentos anteriores:
a) identifique um acontecimento do cenário internacional da época relacionado ao "momento conturbado e de profundas transformações", mencionado no texto;
b) explique um princípio que orientou a política do presidente Getúlio Vargas em relação à organização sindical dos trabalhadores.

resposta:
 
a) Foram acontecimentos marcantes na década de 1930 no contexto internacional: a ascensão do nazifascismo e o aprofundamento da crise econômica nos Estados Unidos.
b) A política trabalhista de Getúlio Vargas foi baseada no princípio corporativista de que os sindicatos são órgãos de colabora-
ção direta do Estado e não instrumento de luta e resistência dos trabalhadores.

 
18. (G1) Veja a imagem abaixo:

 


Trabalhadores homenageiam Vargas na Esplanada do Castelo, 1940. Rio de Janeiro (RJ). (CPDOC/ CDA Vargas)                                   http://www.cpdoc.fgv.br/nav_historia/htm/anos37-45/ev_poladm_estadonovo.htm


 A partir de sua análise e do que foi estudado sobre a Era Vargas no Brasil, é INCORRETO afirmar que

a) Getúlio Vargas era visto como o “Pai dos Pobres”, uma vez que “presenteou” os brasileiros, em 1943, com a CLT, instituindo os direitos trabalhistas.
b) não obstante à sua expressiva importância para a classe trabalhadora, os benefícios assegurados pela CLT não se estendiam ao trabalhador do campo.
c) a CLT representou o paternalismo do Estado em relação ao movimento operário.
d) o Estado Novo caracterizou-se pelo reconhecimento dos trabalhadores garantindo à estes importantes conquistas sociais.
e) a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) garantia liberdade de associação sindical aos trabalhadores brasileiros.

resposta:[E] 

19. (G1) Veja a imagem:
 

Comício no Largo da Carioca, 1945. Rio de Janeiro (RJ). (CPDOC)
http://www.cpdoc.fgv.br/nav_historia/htm/anos37-45/ev_poladm_estadonovo.htm

a) IDENTIFIQUE o nome desse movimento político ocorrido no Brasil em 1945.
b) APRESENTE o objetivo político desse movimento.


resposta:
 
a)  Queremismo.
b)  Movimento surgido no Brasil ao final do Estado Novo, em 1945, que tinha como palavra de ordem "Queremos Getúlio" e, como proposta, o adiamento das eleições diretas para presidente e a manutenção de Vargas no poder, concomitante à instalação da Assembléia Constituinte.
 
20. (PITÁGORAS) Getúlio Vargas foi o presidente que ocupou por mais tempo o poder no Brasil: de 1930 a 1945, e 1950 a 1954. Sua imagem é polêmica e histórica.

ESCREVA parágrafo corretamente estruturado descrevendo essa imagem de Getúlio Vargas, considerado ditador, mas também “pai dos pobres”.

 
Sátira à chamada “Era Vargas” e sua volta

resposta:
A figura de Getúlio Vargas é uma das mais controvertidas da história republicana brasileira. Alguns o amavam, outros o odiavam. Uns apontavam em Vargas o ditador implacável, o demagogo sem escrúpulos. Outros viam nele o político com sensibilidade social em relação aos trabalhadores, o governante nacionalista.

21. (PITÁGORAS) Observe a charge:


 

FONTE: NOVAES, Carlos Eduardo e LOBO, César: História do Brasil para Principiantes: 500 anos de idas e vindas. São Paulo: Ática. 2007. p. 237.

A charge satiriza:
a) a deposição de Getúlio Vargas em 1945, motivada principal pela contradição criada com a participação do Brasil na II Guerra Mundial.
b) a derrota de Getúlio Vargas no processo eleitoral em 1946, que resultou na eleição de Eurico Gaspar Dutra apoiado pelo seu grande rival Carlos Lacerda.
c) a deposição de Vargas em 1945 pelos militares devido ao atentado da Rua Toneleros que culminou com a morte do seu rival político, Carlos Lacerda.
d) a renúncia de Getúlio Vargas em 1945 devido às pressões dos grupos ligados ao capital estrangeiro após a criação da PETROBRÁS.

resposta:[A]





22. (PITÁGORAS) Analise o cartaz de propaganda de Getúlio Vargas.

 


Cartaz de propaganda de Getúlio Vargas
Disponível em:  brasil.indymedia.org. Página acessada em dezembro de 2010


A partir da análise, responda:

a) CITE e CARACTERIZE o órgão responsável pela propaganda do governo Vargas na década de 1940.

b) CITE uma realização da Era Vargas (1930-1945) que possibilita uma imagem positiva do governo.

c) CITE uma realização da Era Vargas que possibilita uma visão negativa do governo.

resposta:
a) O órgão responsável pela propaganda no Estado Novo foi o Departamento de Imprensa e Propaganda, o DIP. Foi criado para divulgar uma imagem positiva do governo, veicular os princípios do Estado Novo junto às camadas populares e estabelecer a censura dos meios de comunicação.
b) O aluno poderá citar: a legislação trabalhista, a criação da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas); desenvolvimento da indústria de base – construção da Companhia Siderúrgica Nacional, dentre outras.
c) O aluno poderá citar: o golpe de Estado e a instituição da ditadura; a outorga da Constituição de 1937; o controle dos sindicatos, dentre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário