sábado, 11 de agosto de 2012

Confira a correção da avaliação de História (segundo ano)


Confira a correção da avaliação de História
Terceiro Bimestre 2012
Segundo Ano

1. (Unicamp 2012)  A população brasileira, segundo o censo de 1920, era de 30.635.605 habitantes. O número de votantes, entretanto, era restrito, conforme a tabela abaixo:



a) Indique duas práticas políticas existentes durante a Primeira República (1889-1930).

b) Cite duas mudanças que ampliaram o eleitorado brasileiro após a Primeira República.
  
 

resposta:

a) Dentre as práticas políticas do regime coronelista da Primeira República podemos citar: “Voto de Cabresto” (obtido através da coerção dos eleitores), “Eleição a bico de pena” (votos falsificados), “voto aberto” e “clientelismo” (troca de favores com o uso de bens públicos).

b) Permissão do voto a mulheres, praças (militares) e membros da Igreja, garantida pela Constituição de 1934; extensão de votos aos analfabetos e estabelecimento do voto facultativo para jovens entre 16 e 18 anos, garantidos pela Constituição de 1988.
 
2. (PITÁGORAS) Observe o fluxograma a seguir:     

 
EXPLIQUE o esquema considerando a estrutura política da República Velha.

 resposta:
O fluxograma representa a Política dos governadores. Esse acordo, baseado na troca de interesses, fundamenta a estrutura política da República Velha. Os governadores se comprometiam a apoiar os candidatos da situação do Presidente da República. Este, por sua vez, apoiava os governadores. Na base dessa estrutura estavam os coronéis que, através do voto de cabresto, garantia a eleição dos candidatos que atendiam aos interesses do governo estadual.
Toda esta estrutura era respaldada pela Comissão Verificadora de Poderes que tinha o papel de “degolar”, ou seja, impedir que candidatos da oposição que conseguissem se eleger não tomasse posse.


3. (PITÁGORAS)  Veja a imagem a seguir:

 
Um coronel e sua família

http://www.brasilescola.com/historiab/coronelismo.htm

O coronelismo foi uma prática comum durante o auge da República Velha.
EXPLIQUE a relação entre: coronelismo, curral eleitoral e voto de cabresto. 

resposta:
Durante a Republica velha os Coronéis (grandes proprietários de terras) detinham grande poder político, pois obrigavam os moradores de sua área de influência (curral eleitoral) a votarem no seu candidato, esse era o chamado voto de cabresto. Havia também o chamado "voto a bico de pena", onde o próprio coronel ou pessoas ligadas a ele ficavam na mesa de votação verificando para quem seus moradores votavam.


4. (Fuvest 2010)  O conceito de revolução, aplicado ao movimento de 1930 no Brasil, e alvo de polêmica entre historiadores. Independentemente da controvérsia, não ha como negar que houve mudanças importantes, nessa década, com relação as diretrizes da política econômica e a questão social.

Explique as mudanças no que se refere a

a) política econômica.

b) questão social.

resposta:
a) Durante a Era Vargas, decorrente do movimento de 1930, a política econômica concentrou-se no estimulo a diferentes atividades produtivas, visando minimizar os efeitos da hegemonia da cafeicultura e, sobretudo promover a industrialização com vistas à substituição das importações.

b) No plano social, no início do governo Vargas foram concedidos os primeiros direitos trabalhistas e mais tarde, foram criadas a Previdência Social e a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Também foram legalizados os sindicatos, porém mantidos sob a tutela do Estado no que se convencionou chamar de “peleguismo”. Verifica-se ainda na Era Vargas, o início da aceleração do processo de urbanização.
 
5. (PITÁGORAS) Em 1930 tem início a Era Vargas que iria marcar o país com significativas mudanças socioeconômicas e políticas. Sobre este período da História brasileira, leia o poema abaixo:

"Foi em 1930
que à frente da Revolução
Getúlio Vargas assumiu
a Presidência do Brasil.

Era um tempo novo que se abria
o desenvolvimento industrial
as leis trabalhistas ele cria
é a Previdência Social
Eram anos de conquista
e de grande agitação pelo poder
de 32 a 37,

aquele estadista
reprimiu os paulistas
comunistas e integralistas.
Mas não há quem esconda
seu valor de idealista,
basta falar em Volta Redonda, (...) "

(Gomes, Dias e Gullar, Ferreira. Dr. Getúlio: sua vida e sua glória. São Paulo, Civilização Brasileira, 1968. pp. 10 e 11)

a) DESCREVA a postura do Governo Vargas em relação ao desenvolvimento industrial do país.
 
b)       JUSTIFIQUE a informação contida nos seguintes versos: “aquele estadista reprimiu os paulistas”.
 
resposta:
a) Vargas adotou uma postura intervencionista do Estado incentivando a criação de empresas de base com capital estatal, como exemplo a Companhia Siderúrgica Nacional. 
b) O verso se refere à Revolução Constitucionalista de 1932. Esse movimento representa o desejo da elite cafeicultora paulista de voltar a ter a hegemonia política que perdeu com a Revolução de 1930 . O argumento usado pelos paulistas era o de que Getúlio Vargas não havia feito uma nova constituição como havia prometido. Apesar de derrotados militarmente, os paulistas conseguiram a convocação de uma nova constituição.
 
Questões extras
1. (G1 - cftsc 2010)  Sobre a Era Vargas, podemos dizer que nesse período para sair da Crise de 1929, foi implementada uma política de substituição de importações que buscou integrar o território nacional.
Nesse aspecto, podemos afirmar que a substituição das importações ligada à integração do território nacional teve como objetivos:
a) fortalecer o modelo agrário exportador e oferecer preços mais baixos no mercado externo, tendo em vista a ampliação das vendas para os EUA, gerando o capital necessário aos projetos de integração do território.  
b) ampliar a produção industrial no Brasil e criar um mercado interno para consumo dessa produção, integrando boa parte do território nacional, especialmente o eixo Centro-Sul, onde se concentraram as atividades econômicas mais importantes desse período.  
c) expandir o setor de serviços e fortalecer os sindicatos, de modo que fosse possível a integração do território nacional pela união dos trabalhadores em grandes centrais sindicais.  
d) reforçar o setor agrícola e diminuir os investimentos em indústrias para que houvesse menos importações de máquinas e equipamentos dos EUA e Europa, necessários às empresas do setor industrial que estavam plenamente integradas no território nacional.  
e) fortalecer as exportações de máquinas e equipamentos e gerar investimentos externos no país, para que o Brasil se desenvolvesse com maior rapidez, permitindo a construção de uma infraestrutura homogênea de integração do território nacional.   
 
resposta:[B]

A questão apresenta duas características fundamentais do populismo, o industrialismo e o nacionalismo. A industrialização do país ganhou impulso ao se aproveitar da crise internacional que, se por um lado reduziu os espaços internacionais para o café, por outro abriu possibilidades de crescimento industrial, na medida em que a capacidade das potências se reduziu. 
 
2. (PITÁGORAS) Veja:

 

A imagem satiriza um acontecimento histórico no qual:
a) O presidente Washington Luiz foi deposto do governo e o poder foi entregue a Getúlio Vargas.
b) Getúlio Vargas assumiu a presidência do Brasil após uma longa batalha com as oligarquias rurais.
c) Getúlio Vargas, com o apoio das oligarquias de Minas e São Paulo, chegou à presidência.
d) Washington Luiz foi derrotado nas eleições presidenciais pelo candidato gaúcho Getúlio Vargas.

resposta:[A]

A charge satiriza um importante evento político da primeira metade do século XX, a chamada Revolução de 1930 que depôs o presidente Washington Luis, em final de mandato, e impediu a posse do candidato eleito à Presidência da República naquele mesmo ano, o paulista Júlio Prestes. Os acontecimentos de 1930 conduziram o governador gaúcho Getúlio Vargas ao poder, inaugurando um período histórico denominado de Era Vargas.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário