sábado, 13 de fevereiro de 2016

Roteiro de Estudo: Guerras Médicas

Roteiro de Estudo: Guerras Médicas


1. (PUCRS 2015) No contexto das chamadas Guerras Médicas, no século V a. C., configurou-se um período de hegemonia de Atenas sobre o mundo grego, em substituição a Esparta.
Um dos fatores condicionantes dessa hegemonia foi
A) o protagonismo ateniense nas principais vitórias contra os persas, obtidas, em terra, na Lacônia e na Ásia Menor.
B) a formação da Liga do Peloponeso, liderada por Atenas e composta pelas principais cidades agrícolas fornecedoras de escravos.
C) a diminuição drástica do número de metecos e escravos em Atenas devido à guerra, o que obrigou parte da elite a aplicar recursos no comércio e na manufatura.
D) a permanência, após a guerra, do exército espartano na própria cidade, para defender a aristocracia das sublevações dos hilotas e periecos.
E) a queda da ditadura de Péricles em virtude do final da guerra, o que consolidou a democracia e ampliou a influência política de Atenas.



2. (UNISC 2015)



A respeito dessa guerra retratada no filme considere as afirmativas.

I – O conflito entre persas e as cidades-Estado da Península do Peloponeso envolviam a política expansionista dos espartanos liderados por Temístocles.
II – Leônidas liderou os soldados espartanos na sua resistência aos persas no desfiladeiro das Termópilas. 
III – O exército grego foi liderado pelo imperador Marco Antônio na sua luta contra o rei Xerxes.
IV – Apesar da autonomia de cada uma das cidades- Estado gregas, elas se uniram na luta contra os persas em várias guerras no século V a.C.
V – A vitória dos 300 de Esparta se deveu às condições estratégicas do Estreito de Termópolis que deram a Leônidas uma vantagem de 1 para 20.

Assinale a alternativa correta.

a) Todas as afirmativas estão corretas.
b) Somente as afirmativas I, III e V estão corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III estão incorretas.
e) Somente as afirmativas IV e V estão incorretas




3. (Upe 2013) Sobre as Guerras Médicas, travadas entre gregos e persas no início do século V

A) A vitória grega deveu-se à forte liderança espartana, uma vez que Atenas se submeteu aos persas desde o início dos conflitos.
B) As batalhas de Maratona, Salamina e Termópilas foram travadas em campo aberto.
C) Os gregos se destacaram na guerra por causa do uso da poderosa cavalaria ateniense.
D) Os principais instrumentos de um soldado grego eram: a lança, o escudo e a espada.
E) Temístocles, principal general do exército persa, conseguiu grandes vitórias graças à ação de mercenários financiados pelo rei Dario.
                                      
            
        



4. (ESPM 2013) (...) A batalha de Maratona foi longa e cheia de peripécias. Os bárbaros conse­guiram desbaratar as fileiras do centro do exército ateniense, pondo em fuga os re­manescentes; mas as duas alas compostas de atenienses e plateus atacaram as forças adversárias que haviam rompido o centro do exército, impondo-lhes uma derrota ir­reparável. Vendo-as fugir lançaram-se em sua perseguição, matando e esquartejando quantos encontraram pela frente, até a bei­ra mar, onde se apoderaram de alguns dos navios inimigos.

(Heródoto. História)

Assinale a alternativa que apresente, respectivamente, o nome da guerra em que ocorreu a batalha de Maratona bem como os bárbaros, mencionados no texto:

a) Guerra do Peloponeso – troianos;
b) Guerras Médicas – troianos;
c) Guerra do Peloponeso – persas;
d) Guerras Médicas – persas;
e) Guerras Púnicas – cartagineses.


5. (MACKENZIE 2010) Frank Miller inspirou-se na verdadeira Batalha de Termópilas, ocorrida em 438 a.C, na Grécia, para escrever “Os 300 de Esparta”. A adaptação da história em quadrinhos de Miller foi levada ao cinema, em 2006, pelo diretor Zack Snyder, com o título “300”. 


A respeito do contexto das Guerras Médicas (500-479 a.C), tema abordado no filme, assinale a alternativa correta.

a) O domínio e a expansão naval fenícia ameaçavam a hegemonia da Grécia sobre o mar Egeu, o que ocasionou a formação de uma aliança defensiva grega.
b) Desenvolvendo uma política imperialista, Atenas entrou em conflito com Esparta que, agrária e oligárquica, permaneceu fechada à expansão territorial.
c) O expansionismo persa, que já havia dominado cidades gregas da Ásia Menor e estabelecido o controle persa sobre rotas comerciais do Oriente, ameaçava a soberania da Grécia, tornando inevitável o conflito grego-pérsico.
d) Esparta, por priorizar a formação física e militar, cultivando no indivíduo o patriotismo incondicional ao Estado, liderou a ofensiva grega contra os assírios, que ameaçavam as instituições democráticas gregas.
e) O forte espírito militarista presente na cultura helenística e difundido em todas as pólis gregas permitiu que, no conflito contra os medos, a Grécia obtivesse a supremacia militar e se sagrasse vencedora.


6. (UNIP) Sobre as Guerra Médicas, ocorridas durante o Período Clássico da Antiguidade Grega, podemos afirmar que:
a) foram provocadas pelo imperialismo ateniense na Época de Péricles
b) caracterizaram-se pela disputa militar entre gregos e macedônios
c) inserem-se no quadro do imperialismo persa
d) envolveram os partidários da Confederação de Delos e as cidades-Estado da Liga do Peloponeso
e) deram a vitória aos espartanos, que iniciaram uma política imperialista


GABARITO

resposta da questão 1:[D]
Com o exército espartano permanecendo na cidade de Esparta e com preocupações internas – contenção de hilotas e periecos -  a cidade estado de Atenas conseguiu solidificar sua influência sobre a Grécia, liderando, inclusive, a criação da Liga de Delos.

resposta da questão 2:[B]
A questão remete às guerras médicas, envolvendo gregos e persas entre 500 e 475 a.C. Esta importante guerra teve como causa principal o expansionismo persa na Ásia Menor. Foram três batalhas durante esta guerra “maratona” 490 a.c, Salamina e Plateia. Os espartanos foram liderados por Leônidas . Os 300 de Esparta foram derrotados na Batalha de Termópilas.

Resposta da questão 3:[D]
As guerras médicas envolveram cidades-Estado gregas e os persas - o nome "médicas" deriva do fato de um dos povos que formava o Império Persa se chamar medos. Com a vitória sobre os persas na Planície de Maratona, os atenienses se destacaram entre as cidades gregas. As batalhas de Maratona, uma planície, de Termópilas, um desfiladeiro e de Salamina, no mar foram vencidas pelos gregos organizados em uma aliança, chamada Liga de Delos. Os principais líderes  gregos foram   Milcíades, Temístocles, Leônidas e Pausânias. 


resposta da questão 4:[D]
A Batalha de Maratona é um dos episódios mais conhecidos das Guerras Médicas – que também contou com outras batalhas conhecidas como a Batalha de Plateia e a Batalha do desfiladeiro das Termópilas. As guerras médicas foram travadas entre os gregos e a Pérsia, do imperador Xerxes.

resposta da questão 6:[D]
Na Batalha das Termópilas, travada no contexto da II Guerra Médica em 480 a.C., de acordo com o historiador grego Heródoto, notabilizou-se a atuação de 300 soldados espartanos, liderados pelo rei Leônidas, na luta contra o numeroso exército persa, liderado pelo rei Xerxes. Apesar da derrota espartana, os danos causados ao exército persa retardaram consideravelmente o avanço dos persas sobre a Grécia. 

resposta da questão 5:[C]
As Guerras Médicas inserem-se no quadro do expansionismo imperialista dos persas.

2 comentários:

  1. Por favor a resposta da número 5 está errada, a correta é a letra C

    ResponderExcluir
  2. A resposta da questão 3 deveria ser a alternativa B de acordo com a justificativa.

    ResponderExcluir